Descalcificação do reservatório de água quente: quais os custos previstos?

custos de descalcificação do tanque de armazenamento de água quente

Se você não descalcificar seu tanque de água quente regularmente, acaba perdendo muito dinheiro: tanques de água quente calcificada usam muito mais energia para aquecer a água, o que é caro. Queríamos saber com os especialistas da Quantoe quais os custos esperados quando se tem uma caixa de água quente descalcificada por um especialista e quem arca com os custos.

Pergunta: Quanto custa ter um cilindro de água quente descalcificado?

Especialista Quantoe: Se você contratar um profissional para fazer a descalcificação, tem que contar com custos consideráveis ​​para a descalcificação. Até um tanque de água quente de cerca de 100 litros, custa normalmente entre cerca de 100 EUR e 250 EUR. Para tanques maiores de armazenamento de água quente, custos de 150 EUR a 400 EUR devem ser esperados.

Exemplo de custo da prática

Percebemos um aumento no consumo de eletricidade e, portanto, estamos ligando para um provedor de serviços especializado e econômico em nossa unidade para descalcificar nosso tanque de armazenamento de água quente. Nosso tanque de água quente tem um tamanho de 200 litros.

Publicarpreço
instruções0,00 incluído no preço do pacote
Descalcificação profissional155 EUR
Custos totais com isso155 EUR

Os custos cobrados por outros provedores também podem variar. Com tanques maiores de armazenamento de água quente, custos mais elevados são geralmente esperados.

Pergunta: Qual é a faixa de custos da descalcificação de tanques de armazenamento de água quente?

Quantoe especialista: Os custos são sempre baseados no tamanho (quantidade de enchimento) do reservatório de água quente.

Dependendo do tamanho, custos entre cerca de 100 EUR e 400 EUR devem ser esperados. Se peças adicionais precisarem ser substituídas, os custos podem ser ainda maiores em casos individuais.

Se você mesmo descalcificar seu tanque de água quente, economizará custos consideráveis. Muitas vezes, você ainda pode substituir um ânodo de sacrifício por conta própria; a própria peça de substituição normalmente custa apenas cerca de EUR 20 a EUR 60, dependendo do modelo do ânodo. Para a mudança pelo especialista, você deve calcular os custos de mão de obra de cerca de 50 EUR a 100 EUR.

Pergunta: Quais são os custos de descalcificação do acumulador de água quente?

custos de descalcificação do tanque de armazenamento de água quente
O custo da descalcificação da caldeira depende de vários fatores.

Especialista Quantoe: O seguinte é decisivo aqui:

  • o tamanho do tanque de água quente
  • qual modelo de tanque de água quente é
  • qual especialista é comissionado
  • qual método de limpeza (mecânico ou químico) é usado
  • se o ânodo de sacrifício também deve ser substituído
  • a carga de trabalho do especialista (tempo de trabalho calculado)

Pergunta: Quem realmente paga pelos custos de descalcificação da caixa de água quente - inquilino ou proprietário?

Especialista Quantoe: Em primeiro lugar, depende do que foi acordado no contrato de locação. Basicamente, a manutenção do tanque de armazenamento de água quente é uma questão de custos regulares, ou seja, custos repartíveis.

Se o locador concordou com o locatário no contrato de locação que o locatário fará ele próprio a manutenção devida e a fará por sua própria conta, isso deve ser considerado, em princípio, permitido. Caso contrário, o locador, em qualquer caso, repassaria os custos incorridos para os trabalhos de manutenção regular (se também ocorrerem regularmente) através da conta de serviços públicos. Ele também pode fazer isso com o custo de um contrato de manutenção que assinou. Ele pode e tem permissão para repassar esses custos ao locatário (uma cláusula de manutenção correspondente no contrato é um pré-requisito para isso).

Salvo acordo em contrário e os trabalhos de manutenção não sejam realizados regularmente, esses trabalhos de manutenção continuam a ser da responsabilidade do senhorio, que tem de os encomendar e pagar primeiro. Ele pode então alocá-los por meio da conta de serviços públicos.

A situação é diferente quando é necessário fazer reparos no tanque de água quente. Os custos de reparação e manutenção não são rateados, pelo que o locador sempre paga ele próprio estes custos, que, em geral, não podem ser repassados ​​ao locatário através da cláusula de reparação menor.

Quem agora tem que pagar em casos individuais pode variar de caso para caso, dependendo de como está a situação individual e do que exatamente foi acordado no contrato de locação. Claro que sempre existe a possibilidade de encontrar uma solução mutuamente aceitável com o proprietário. Essa é quase sempre a melhor maneira.